Réquiem para a liberdade

Primeira resenha de Réquiem para a Liberdade

Li Sobre Isso

52845868-368-k854331*Colaboração especial de Abrahão de Oliveira

O Brasil nunca teve muita tradição na chamada literatura fantástica, mas começa a revelar bons nomes no segmento. O jovem autor Thiago Lee publicou a sua primeira obra do gênero em 2015, intitulada Réquiem para a liberdade. Gentilmente, o autor ofereceu um exemplar ao blog para leitura.

Com uma narrativa simples e direta, sem os excessivos – e às vezes cansativos – detalhes que caracterizam o gênero, Lee impõe um ritmo à narrativa que prende a atenção do leitor até o desfecho da trajetória de Marko em um reino de injustiças, desigualdades e tristeza.

Na trama de fantasia medieval, o protagonista sofre diversos tipos de preconceito, seja por sua cor, pelas marcas que carrega no corpo ou pela condição financeira e social. O livro, inclusive, faz um grande alerta às diversas formas de discriminação, tão comum na história e nos dias de hoje…

View original post mais 87 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s